Terça-feira
20 de Abril de 2021 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,57 5,58
EURO 6,70 6,71
LIBRA ES ... 7,79 7,79
PESO (ARG) 0,06 0,06
PESO (URU) 0,13 0,13

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
24ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Campinas, SP

Máx
24ºC
Min
14ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
16ºC
Nublado

Sexta-feira - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
14ºC
Predomínio de

23/02/2021 - 15h17Decisão determina prisões e apreensões por tráficoJuíza determinou apreensão de bens móveis e imóveis e R$ 8,7 milhões

Foram expedidos mandados de busca e apreensão para 23 endereços residenciais e comerciais, de Belo Horizonte, Contagem e Itaobim Uma decisão da juíza Andréa Cristina de Miranda Costa, da 2ª Vara de Tóxicos, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores, determinou o cumprimento do mandado de prisão de 13 acusados de integrar uma organização criminosa que movimentou R$ 8,7 milhões, segundo investigações do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc), da Polícia Civil. Os mandados de prisão e de busca e apreensão de bens e valores foram requeridos pelo delegado da Polícia Civil da 3ª DENARC, que investiga a organização desde 2020. A investigação tem conexão com outro processo de tráfico que tramita na 2ª Vara de Tóxicos, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores. Naquele processo, uma operação policial apreendeu, em junho de 2020, aproximadamente 71 quilos de maconha, além de prender cinco pessoas, que permanecem presas e aguardam julgamento. Na decisão, a juíza Andréa Costa observou que as investigações apuraram que os treze acusados estariam associados, de forma estruturalmente ordenada, com pisão de tarefas e com objetivo de obter vantagem econômica para enriquecimento próprio, mediante prática do crime de tráfico de drogas. Ela destacou ainda que o líder da organização se encontra foragido e atua no fornecimento de drogas no atacado para traficantes de Belo Horizonte e região metropolitana e já tem condenação por tráfico em processo de 2012. As investigações apontaram que eles buscavam drogas no estado do Mato Grosso do Sul e que usavam o nome de terceiros, laranjas, para ocultar as operações financeiras da organização, além de terem adquirido bens imóveis de valores elevados, pagando em espécie. A juíza Andréa de Miranda Costa também expediu mandados de busca e apreensão para 23 endereços, residenciais e comerciais, de Belo Horizonte, Contagem e Itaobim. Ela determinou a apreensão de 87 veículos de persas categorias de propriedade dos envolvidos, dentre estes, veículos de luxo, motos e utilitários.  Também determinou a apreensão e a perícia nos aparelhos celulares, e autorizou a abertura forçada (arrombamento) de portas e cofres eventualmente existentes nas residências, caso os investigados se recusassem a abri-los.  A ação tramita sob sigilo.
24/02/2021 (00:00)
Visitas no site:  3738332
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia