Quinta-feira
25 de Fevereiro de 2021 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,42 5,42
EURO 6,57 6,57
LIBRA ES ... 7,64 7,64
PESO (ARG) 0,06 0,06
PESO (URU) 0,13 0,13

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . . . .

20/01/2021 - 11h22Comarcas vão compartilhar veículosVans serão utilizadas por Varas da Infância e da Juventude, em comarcas do interior

    Objetivo é facilitar o trabalho nas varas da Infância e da Juventude, mas os veículos poderão ser utilizados, também, em outros serviços forenses O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, e o corregedor-geral de justiça, desembargador Agostinho Gomes de Azevedo, por meio da Portaria Conjunta da Presidência nº 1.125/PR/2021, assinada na terça-feira, (20/1), determinaram o uso compartilhado de veículos nas varas da Infância e da Juventude nas comarcas-sede de Governador Valadares, Ipatinga, Montes Claros, Muriaé, Passos, Patos de Minas e Varginha, bem como em outras a elas vinculadas para essa finalidade. O documento regulamenta projeto-piloto que tem como principal objetivo auxiliar no atendimento das demandas relacionadas à infância e juventude no interior.  Após avaliação dos resultados a partir de seis meses de sua implantação, o projeto poderá ser expandido para outras comarcas do Estado. De acordo com a portaria, sete veículos tipo van, marca Peugeot Expert, serão destinados às comarcas-sede.  No entanto, as vans poderão ser usadas em comarcas próximas, obedecendo a critérios como tempo de deslocamento e quilometragem. O projeto visa facilitar o dia-a-dia nas varas da Infância e da Juventude, mas os veículos poderão ser utilizados também para outras finalidades ligadas ao serviço forense, como o transporte de magistrados e servidores durante seminários, encontros jurídicos, palestras e reuniões, conforme necessidade e a critério do diretor do foro. A portaria determina que os juízes diretores das comarcas-sede deverão realizar reuniões com juízes das comarcas próximas para definir os critérios e as regras para o uso e manutenção dos veículos, que só poderão ser conduzidos por motoristas cadastrados previamente pela Coordenação de Controle de Transporte.
20/01/2021 (00:00)
Visitas no site:  3566679
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia