Quinta-feira
18 de Agosto de 2022 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,13 5,13
EURO 5,22 5,22
LIBRA ES ... 6,20 6,21
PESO (ARG) 0,04 0,04
PESO (URU) 0,13 0,13

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . . . .

TJSP sedia debates sobre tecnologia na Justiça

Avanços tecnológicos do Judiciário em pauta.     O Tribunal de Justiça de São Paulo sediou, na tarde de ontem (30), encontro para discutir ações ligadas ao Programa Justiça 4.0 e à Plataforma Digital do Poder Judiciário. O evento, coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pelo TJSP, aconteceu no Tribunal do Júri, no Palácio da Justiça, e foi transmitido ao vivo para servidores do CNJ, em Brasília, que também fizeram apresentações de forma remota.     O secretário-geral do CNJ, juiz Valter Shuenquener, falou em “nova realidade tecnológica da Justiça brasileira”. “É uma aposta na importância da cooperação, da colaboração entre todos os tribunais para o desenvolvimento das ferramentas que serão utilizadas no futuro pelo Poder Judiciário brasileiro. Essa união de esforços com o TJSP é fundamental para o êxito das iniciativas em nível nacional”, afirmou.     “Graças ao CNJ, temos conseguido superar muitos obstáculos e, tenho certeza que, em breve, com a integração, com esse conceito muito mais amplo e moderno, chegaremos a um ponto de excelência na Justiça do país”, falou o presidente da Comissão de Assuntos de Informática do TJSP, desembargador Rubens Rihl Pires Corrêa.     “Para nós, é uma honra recebê-los”, disse o presidente do TJSP, desembargador Ricardo Mair Anafe, ao proferir as boas-vindas. “Estamos numa sala histórica, num prédio tão tradicional, discutindo algo tão moderno, que é a informática, o processo eletrônico e tudo que se traduz em termos de facilidades da administração jurisdicional”, analisou, discorrendo em seguida sobre o histórico dos avanços tecnológicos no TJSP.     Dando início aos debates, o juiz auxiliar da Presidência do CNJ Fábio Porto falou em “transformação da realidade”. “Estamos construindo um futuro melhor para a nação. É indiscutível que o TJSP - com toda sua expertise, dimensão e capacidade de produção - tem muito a acrescentar a todo o Judiciário nacional a partir de experiências jurídicas e acadêmicas, mas também de gestão, tecnologia da informação e governança. É um marco, um feito histórico que estamos vivendo aqui hoje”, declarou.     Também juiz auxiliar da Presidência do CNJ, o magistrado Anderson Paiva disse que “eventos como esse disseminam conhecimento e renovação e têm papel significativo, não só para delinear políticas públicas, mas também para compartilhar conhecimento, pensando no nosso destinatário final, que é o cidadão”.     Também estiveram da mesa de trabalho os juízes auxiliares da Presidência do CNJ Dorotheo Barbosa e João Azambuja e os juízes assessores da Presidência do TJSP Ana Rita de Figueiredo Nery e Felipe Esmanhoto Mateo. Acompanhando, compareceram servidores do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP); os secretários do TJSP Marco Antonio Lopes Samaan (Tecnologia da Informação/STI) e Vanessa Cristina Martiniano (Primeira Instância/SPI); e servidores da Corte paulista.     Mais fotos no Flickr.          imprensatj@tjsp.jus.br     Siga o TJSP nas redes sociais:     www.facebook.com/tjspoficial     www.twitter.com/tjspoficial     www.youtube.com/tjspoficial     www.flickr.com/tjsp_oficial     www.instagram.com/tjspoficial     www.linkedin.com/company/tjesp
01/07/2022 (00:00)
Visitas no site:  5519319
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia