Quinta-feira
18 de Agosto de 2022 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,13 5,13
EURO 5,22 5,22
LIBRA ES ... 6,20 6,21
PESO (ARG) 0,04 0,04
PESO (URU) 0,13 0,13

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . . . .

STF encerra primeiro semestre do ano judiciário de 2022

O Supremo Tribunal Federal (STF) encerra na manhã desta sexta-feira (1°) o primeiro semestre do ano judiciário de 2022. A sessão plenária, presidida pelo ministro Luiz Fux, começa às 10h.Além do balanço de julgamentos e principais projetos da Corte no semestre, que será apresentado, pelo presidente, a pauta conta com o julgamento da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 495, de relatoria da ministra Cármen Lúcia.A ação questiona decisões judiciais que têm garantido a servidores do Estado do Piauí direito adquirido à forma de cálculo do adicional por tempo de serviço em vigor antes da Lei Complementar estadual 33/2003.A sessão tem transmissão em tempo real pela TV Justiça, Rádio Justiça e canal do STF no YouTube.Confira, abaixo, o tema que será levado a julgamento:Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 495 - Agravo regimentalRelatora: ministra Cármen LúciaAgravante: Governador do PiauíAgravados: Juizado Especial da Fazenda Pública de Teresina e Turmas Recursais do Estado do PiauíAgravo regimental contra decisão que julgou incabível a ADPF, ajuizada contra decisões judiciais que têm garantido a servidores direito adquirido à forma de cálculo do adicional por tempo de serviço em vigor antes da Lei Complementar estadual 33/2003. Saiba mais aqui.  
01/07/2022 (00:00)
Visitas no site:  5519203
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia