Terça-feira
20 de Abril de 2021 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,57 5,58
EURO 6,70 6,71
LIBRA ES ... 7,79 7,79
PESO (ARG) 0,06 0,06
PESO (URU) 0,13 0,13

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
S&P 500 0,31% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
24ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Campinas, SP

Máx
24ºC
Min
14ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
16ºC
Nublado

Sexta-feira - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
14ºC
Predomínio de

INSTITUCIONAL: Rede de Inteligência retoma encontros e debate gestão de demandas repetitivas

Nessa terça-feira, 23 de fevereiro, a Rede de Inteligência da 1ª Região (REINT1) realizou a primeira reunião de 2021 e a pauta do encontro abordou a gestão de Incidentes de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDRs) no TRF1. Os servidores da Assessoria de Projetos de Suporte e Fomento à Atividade Judicial (Asfaj) José Roberto Ferretti, assessor-chefe da unidade, e Cláudia Sorrentino apresentaram proposta de fluxo para a proposição de IRDRs, levantando a possibilidade de haver unidade especializada em identificar temas que possam se tornar IRDRs e prestar assessoria, nesse âmbito, aos gabinetes. Ferretti destacou que, além de estabelecer um fluxo para os IRDRs, o objetivo da iniciativa é integrar a gestão dos incidentes à ferramenta em desenvolvimento de inteligência artificial Alei – Análise Legal Inteligente –, que inclui o módulo “Precedentes Qualificados” para abranger os IRDRs. O coordenador da Reint1, desembargador federal Carlos Pires Brandão, parabenizou a equipe pelo trabalho e ressaltou a necessidade de identificar e solucionar os gargalos existentes no julgamento dos IRDRs que estão em tramitação na Justiça Federal da 1ª Região. Nesse sentido, a diretora do foro da Seção Judiciária de Minas Gerais (SJMG) e coordenadora do Grupo Operacional do Centro Nacional de Inteligência da Justiça Federal, juíza federal Vânila Cardoso, propôs parceria entre a Asfaj e o Laboratório de Inovação da SJMG, no intuito de identificar e de buscar caminhos para superar possíveis obstáculos da gestão dos incidentes. O juiz federal Shamyl Cipriano, na oportunidade, sugeriu a criação de um fluxo que possibilite que os magistrados tenham conhecimento dos IRDRs propostos e dos aprovados, de modo a proporcionar celeridade à apreciação de autos. Sobre o assunto, Ferretti informou que a demanda será atendida pelo projeto Alei, em 2º grau, e por um projeto, ainda em desenvolvimento, que contemplará a 1ª instância. A reunião também contou com a participação do coordenador do Núcleo de Gerenciamento de Precedentes (Nugep), juiz federal Roberto Veloso, e de magistrados e servidores da 1ª Região. LS Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região  
24/02/2021 (00:00)
Visitas no site:  3738436
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia